Motoristas estão confundindo medidores de tráfego entre Patos e Santa Terezinha com radares de velocidade

Alguns motoristas estão reclamando de radares de velocidade que foram instalados entre a cidade de Patos e Santa Terezinha sem sinalização. Mas, na verdade, se trata de um medidor de tráfego, que foi instalado pelo DNIT, para analisar o trafego na localidade.

Um rapaz não identificado enviou um áudio a grupos de WhatsApp falando dos supostos radares. Ele diz para que os motoristas tenham cuidado em multas, pois a velocidade mínima é 80km/h. Mas a reportagem do Patosonline.com entrou em contato com a Polícia Rodoviária Federal para esclarecer a dúvida dos motoristas.

“Não são radares, são equipamentos que medem o tráfego nas vias. Quando se trata de um radar, sempre haverá uma placa de advertência antes de chegar ao radar, informando a velocidade máxima. Se não houver placa, não será um radar e não haverá multa. Os medidores servem apenas para verificar o tráfego na localidade”, esclareceu um dos agentes da PRF.

Ao programa Espinharas Notícias, o DNIT também afirmou que não são radares eletrônicos, mas sim equipamentos exclusivos do órgão para regular e analisar a movimentação nas vias.

“De maneira alguma é um radar eletrônico. É um medidor de tráfego usado pelo DNIT. Podem ficar tranquilos, é um equipamento eletrônico usado para verificar o trânsito de veículos nas vias”, esclareceu o DNIT.

Patosonline

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *