Erro médico causou sequelas durante o parto da jovem que busca viver normalmente e superar obstáculos na cidade de Patos

A jovem Patrícia Kelly Oliveira Melquiades, que mora em Patos, é filha do casal Carlos Melquiades e Lúcia de Fátima. Ela é casada com Felipe Duarte e tem uma história de superação, amor familiar e que serve de inspiração diante de tantos desafios enfrentados em decorrência da deficiência física ocasionada por erro médico durante o parto.

Patrícia Kelly desde o seu nascimento teve um apoio fundamental dos seus pais e isso fez toda a diferença em sua vida. Ela seguiu superando obstáculos que poderiam ser limitadores para seu dia a dia e hoje é empreendedora e designer em Patos.

Em sua rede social Facebook, Patrícia fez o seguinte relato:

“Vou contar um pouco de minha história!

Me chamo Patrícia Kelly Oliveira Melquíades , moro em Patos -PB, passei da hora de nascer, sofri uma lesão cerebral por falta de oxigênio que afetou minha coordenação motora e minha voz por motivo de um erro médico. Não consigo fazer muitas coisas com minhas mãos.

Desde cedo aprendi a viver com minhas limitações. Gosto de tudo na vida como toda mulher da minha idade! Claro que tenho consciência das minhas limitações. Dependo muito das pessoas, como, por exemplo, auxílio para comer, tomar banho, trocar de roupa, arrumar os cabelos, maquiar, para empurrar minha cadeira de rodas. Já estou tão acostumada em ter ajuda de alguém que pra mim isso é normal. Só não gosto quando as pessoas me tratam diferente.

Um dia fui para o hospital Sarah Kubitschek. Como não consigo digitar com minhas mãos o hospital Sarah Kubitschek desenvolveu uma técnica para que eu possa digitar no computador: é um aparelho que fica preso na minha cabeça e possui uma haste e esta haste funciona como se fosse o meu dedo para digitar. Depois dessa adaptação minha vida mudou muito. Não preciso mais de ajuda de ninguém para escrever. Foi mesmo que andar com as minhas pernas! Hoje trabalho como designer.

Agradeço aos meus pais que nunca me trataram diferente e a Deus por ter me dado uma família maravilhosa. Tenho certeza que hoje sou a pessoa que sou graças a eles e a Deus! Sou uma pessoa sem complexo! Nunca tive vergonha da minha deficiência.

Meus pais lutam até hoje. Sou casada há 4 anos com um homem maravilhoso que amo muito.

Não podemos baixar a cabeça para as dificuldades e barreiras! Levo uma vida normal. O ruim não é ter limitações, e sim depender das pessoas, mas com Fé em Deus estou tendo uma vida normal”.

A história de Patrícia Kelly é um grande alerta para evitar que casos semelhantes de erros médicos que podem ser evitados não se repitam. O parto seguro para mãe e bebê é um direito fundamental para a saúde. 

Jozivan Antero – Patosonline.com

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.