Um dia após a prisão, Justiça determina soltura de jovem do Vale do Piancó que estava no Presídio Feminino de Patos

Presa no sábado à noite e recolhida ao presídio feminino de Patos, a jovem Sarah Raquel Barros de Sousa, de 19 anos, moradora de Boa Ventura, foi solta nesse domingo, 28, por determinação da Justiça, seguindo parecer do Ministério Público, que também se posicionou pela liberdade da mulher.

Em seu despacho, o juiz plantonista disse que se trata de uma jovem primária, civilmente identificada e com residência fixa, não havendo necessidade da conversão da prisão em flagrante em preventiva, porque “não se vislumbra perigo real à ordem pública, de ameaça a testemunhas ou ações da custodiada que venham a destruir provas colhidas”. Diante dessas constatações, o juiz determinou a imediata soltura da jovem para que ela responda ao processo em liberdade, mas terá que cumprir algumas medidas cautelares, a exemplo do recolhimento noturno, fica impedida de frequentar a casa do namorado, ode foi presa, e não poderá ausentar-se da comarca.

Agora o pai da jovem está bem mais aliviado, mas durante a prisão da filha viveu momentos de muita aflição. Foi na delegacia que ele soube detalhadamente que a filha estava na casa de um namorado, no bairro Flávio Arruda, quando a polícia chegou, mas ele e um comparsa fugiram, deixando a jovem sozinha na casa e ela terminou presa. Na residência, foram encontrados quase dois quilos de maconha, um pé da droga, rádio comunicador e outros objetos que indicam que no local funcionava uma venda de entorpecentes.

Informalmente, o pai desabafou na delegacia: disse que nunca quis o namoro, porque o rapaz era desconhecido da família e também pelos boatos de que a conduta dele também não era das melhores. A filha, no entanto, não deu ouvidos ao pai e seguiu com o relacionamento e as visitas à residência. 

Presa e autuada em flagrante por tráfico pelo delegado plantonista Rodrigo Pinheiro, foi encaminhada ao presídio feminino de Patos. Em depoimento, ela negou qualquer envolvimento com o tráfico, e terminou solta horas depois de dar entrada no presídio feminino.

Jornal Folha do Vale

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *