Nabor aposta no diálogo contra crise entre Republicanos e João

O prefeito de Patos, Nabor Wanderley (Republicanos), afastou na noite desta segunda-feira (20) a possibilidade de haver um rompimento político entre o seu partido com o governador João Azevêdo (PSB).

A legenda presidida pelo deputado federal Hugo Motta não digeriu a decisão do Progressistas em indicar a vice de João, vaga que a sigla almejava.

“É preciso conversar. Política se faz dialogando. O Republicanos é um partido grande, de estrutura a nível estadual, com grandes nomes que podem representar o partido e podem assumir cargos importantes dentro não só da campanha, mas a nível de Governo do Estado”, afirmou o prefeito em entrevista ao programa Hora H, da Rede Mais Rádio.

“Desde o início demonstramos compromisso com o governador João Azevêdo, em nenhum momento o partido se afastou. Nos momentos que o governador mais precisou, estávamos e estamos todos do lado dele, para que realmente a Paraíba possa continuar crescendo e avançando”, completou.

Nesta manhã de segunda-feira (20), em entrevista coletiva em Campina Grande, o governador da Paraíba diminuiu a situação, falando que se trata de “discussões naturais na política”. Além disso, ressaltou a importância da relação com o partida e que tudo se resolverá numa conversa sem voz alterada.

MaisPB

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.