Devido ao atraso de pagamentos, sindicato consegue bloqueio das contas de Olho D’água

O Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Patos e Região (SINFEMP) emitiu uma nota nessa terça-feira (22) afirmando que conseguiu o bloqueio das contas públicas da Prefeitura de Olho D’água (PB) devido ao atraso no pagamento dos servidores. A Medida Liminar pleiteada travou as contas do FPM (Fundo de Participação do Município), do FUNDEB ( Fundo de Manutenção da Educação Básica) e FUS ( Fundo de Saúde).

Segundo a ação, vários funcionários estão sem receber os vencimentos do mês de novembro e o 13° salário, que devia ser pago até dia 20 de dezembro. Conforme a denúncia, a gestão municipal estava pagando dos funcionários aliados, priorizando os contratados e comissionados em detrimento dos efetivos, causando grande revolta.

Para o sindicalista Zé Gonçalves, vice presidente do SINFEMP, a gestão fez o que queria com os recursos públicos, deixando os servidores impossibilitados de fazer a sua feira. ”Esse é o tratamento da gestão em deixar em pleno Natal e Ano Novo servidores sem terem condições de fazer a sua feira, mas a justiça foi feita”, disse. 

Os professores da rede municipal de ensino anunciaram a paralisação das atividades por tempo indeterminado. Conforme os educadores, não houve nenhum tipo de proposta por parte da administração. 

O Diamante Online tentou entrar em contato com a Secretaria de Finanças, mas o número disponilizado no site oficial não existe. O portal também tentou conversar com o tesoureiro do município, mas foi ignorado por ele, que, para não responder, até bloqueou o contato da redação. 

Diamante Online

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *