Deputados do Sertão cobram do Governo do Estado construção de Hospital de Campanha, em Patos

Os deputados estaduais Nabor Wanderley (Republicanos), Dr. Taciano Diniz (Avante), Pollyanna Dutra (PSB) e Dr. Érico Djan (Cidadania) se reuniram, em Patos, na tarde desta quarta-feira (20), para discutir a importância da construção de um Hospital de Campanha, em Patos. Para os parlamentares, há uma necessidade urgente de reforçar a estrutura de saúde no Sertão, que tem visto, nos últimos dias, um aumento considerável no número de casos de Covid-19.

Conforme os parlamentares, é preciso que o Hospital de Campanha contenha 40 novos leitos de UTI e 60 novos leitos de enfermaria, que atenderão aos municípios de Patos, Pombal, Catolé do Rocha, Vale do Piancó e Vale do Sabugi, que, juntos, somam uma população de mais de 800 mil habitantes.

De acordo com o deputado Nabor, a situação de Patos é muito preocupante e requer mais atenção do Governo do Estado e da Secretaria de Saúde. “Patos e o Sertão têm aumentado de forma preocupante o número de casos de Covid-19 e estamos aqui, mais uma vez, para que a gente possa alertar e cobrar do Governador para que tenhamos aqui uma melhor estrutura de acolhimento e tratamento às pessoas positivadas com a Covid-19 não só em Patos, mas em todo Sertão, já que o Hospital de Patos é uma referência. Essa demanda é urgente, porque daqui a pouco o Hospital Regional estará lotado e entrará em colapso”, alertou Nabor.

Conforme a deputada Pollyanna Dutra, um estudo realizado pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB) aponta a 3ª e a 4ª semana de junho como provável período de pico de casos de Covid-19, em Patos. “O vírus está se espalhando de uma forma muito rápida aqui e o índice de transmissibilidade é muito alto. Por isso e por muito mais estamos aqui, unidos, para dizer que é imperativa a construção desse Hospital de Campanha. A gente não pode mais perder tempo! Tem estudos recentes da UFPB que colocam a 3ª e a 4ª semana de junho como período de pico aqui em Patos. Estamos em maio e é preciso agir rápido. O governador não precisará gastar muito porque já temos uma estrutura do Hospital Regional que pode ser usada”, destacou a deputada.

O deputado Dr. Érico pontuou que o momento é de união em busca de melhorias para a população do Sertão. “É momento de união e estamos aqui somando forças, cobrando mais uma vez do Governo do Estado para que seja construído o Hospital de Campanha, que trará mais assistência à população e um ambiente mais seguro para os profissionais que lá trabalham. Estamos cobrando e mostrando caminhos para que esse hospital seja construído. Só a Assembleia Legislativa vai destinar, através de convênio com o Governo do Estado, dois milhões de reais, então parte desses recursos pode muito bem ser utilizada para a construção desse hospital, aproveitando também a estrutura do Hospital Regional”, comentou.

Já o deputado Dr. Taciano Diniz destacou que a demanda de leitos para o Sertão tem como base, também, o atendimento ao que é preconizado pelos órgãos de saúde. “O Sertão não atende ao que preconiza o Ministério da Saúde, a Organização Mundial de Saúde e a Associação de Medicina Intensiva Brasileira, que dizem que se faz necessário, em condições normais, de 1 a 3 leitos de UTI para cada 10 mil habitantes, e esses números aumentam consideravelmente em virtude de uma pandemia desse nível. Então, com base nos estudos científicos, reivindicamos mais uma vez ao Governo do Estado a construção de um Hospital de Campanha em Patos”, concluiu.

Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *