Complexo de Patos implanta monitoramento 24h com sistema de câmeras Full HD em 48 pontos estratégicos da unidade

Quanto mais segurança tiver uma unidade hospitalar, com mais tranqüilidade trabalharão todos que atuam nela. E, neste aspecto, também ganha os pacientes e acompanhantes destes, além dos visitantes. Foi partindo desta premissa, que a direção do Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos (CHRDJC) ampliou e melhorou o sistema de monitoramento por câmeras do hospital. Agora, o Complexo dispões de 48 pontos de filmagem fixa, que ficam ligados 24h, todos os dias da semana. O sistema que usa a tecnologia Full HD permite ter uma melhor qualidade de imagens e dispõe ainda de uma sala de controle que além de armazenar as imagens coletadas, ainda funciona com monitoramento permanente.

“A segurança é uma prioridade para nós, não apenas para os colaboradores, mas também para pacientes, acompanhantes e visitantes, por isso, investimos na melhoria de nosso sistema de monitoramento por câmeras que tem papel primordial na salvaguarda de nosso patrimônio, além, é claro, das pessoas que são o mais importante disso tudo”, destaca o diretor geral do Complexo, Francisco Guedes. Recentemente, o flagrante de agressão de uma funcionária por um acompanhante foi devidamente registrado pelas câmeras de segurança. Segundo Francisco, o agressor vai responder a processo e as imagens foram fundamentais para comprovação do delito.

Outra medida adotada pela direção para melhorar a segurança da unidade foi a instalação de uma cerca de arame reforçado, tipo espiral, em todo o entorno do hospital para dificultar que pessoas pulassem o muro e entrassem nas dependências sem serem notados. “São medidas aparentemente simples, mas que nos trazem uma tranqüilidade maior no dia a dia”, reitera Francisco, lembrando que tanto a melhoria do sistema de câmeras, quanto a colocação da cerca no muro fazem parte de um pacote de medidas e ações adotados pela direção para melhorar o cotidiano na unidade.

Assessoria

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *