Assassinato de ex-prefeito de Bayeux pode ter ligação com relação extraconjugal e dívidas com agiotas

A Polícia Civil já trabalha com duas linhas de investigação sobre o assassinato do ex-prefeito de Bayeux, Expedito Pereira. A primeira é que o político teria um relacionamento fora do casamento, e o crime pode ter relação com isso.

A segunda linha de investigação, se deu após relatos da família, onde disseram que o Dr. Expedito tinha algumas “dívidas”.

Os investigadores apreenderam o celular do ex-prefeito para ajudar nas investigações.

O crime aconteceu na manhã desta quarta-feira (09), no bairro de Manaíra, em João Pessoa. Expedito Pereira estava voltando de um estabelecimento comercial quando foi assassinado.

PolêmicaPB

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *