INUSITADO: Alunos roubam crânio de cemitério e levam para escola

Dois alunos de 13 e 14 anos confessaram, segundo a Polícia Civil, ter furtado o crânio encontrado em cima de uma carteira da Escola Municipal Talita Hernandes Perelló, em Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio. O caso aconteceu na manhã desta segunda-feira (30) e o osso foi pego no cemitério do Jardim Esperança, que fica ao lado do colégio.

De acordo com o delegado da 126ª DP, Carlos Abreu, os adolescentes vão responder em liberdade por fato análogo ao crime de subtração de parte do cadáver. O caso foi encaminhado para a Vara da Infância e da Juventude. Questionado sobre o motivo da ação dos adolescentes, o delegado afirmou que foi para “criar confusão”.

A escola não tem câmeras de segurança e, segundo a direção, conta com um vigia. Outros casos de invasão já tinham sido registrados, mas nenhum tão inusitado, segundo a diretora Daniele Almeida.

“Nunca aconteceu nenhuma [invasão] desse tipo, com ‘lembrança’. Como o muro da escola dá para o cemitério, às vezes alguns meninos pulam para jogar bola”, contou a diretora.

Cenídia Bonfim, que também é diretora na unidade, estava na escola no momento em que o inspetor encontrou o osso na carteira.

“Sempre chego na escola por volta das 6h20 e quando o inspetor foi abrir as salas, encontrou o crânio. A polícia foi acionada imediatamente. Depois o IML foi chamado e removeu o osso”. O crânio foi levado para ser periciado no Instituto Médico Legal (IML) de Araruama.

Crânio foi encontrado na carteira de uma escola (Foto: Blog do Eduander Silva)
Crânio foi encontrado na carteira de uma escola (Foto: Blog do Eduander Silva)

G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *