Atraso da água da Transposição provoca morte de milhares de peixes em Monteiro

Milhares de peixes amanheceram boiando, na manhã desta segunda-feira (06), nas águas da barragem São José, em Monteiro. O fato ocorreu após a abertura das comportas da barragem na última sexta-feira (03), para receber as águas da Transposição do Rio São Francisco que deveriam ter chegado no município no último domingo (05).

A Companhia de Água e Esgoto da Paraíba (Cagepa) abriu as comportas da barragem durante visita do governador Ricardo Coutinho (PSB) para receber as águas, mas com o atraso provocado pelo provocado pelo vazamento em um reservatório da Transposição em Sertânia, no Pernambuco, os peixes acabaram morrendo sem oxigênio.

De acordo com informações do Portal TV Cariri, o objetivo de abrir as comportas foi para limpar o reservatório, mas em poucas horas a barragem ficou completamente vazia e um grande lamaçal foi provocado. Os moradores da região relatam que um mal cheiro está instalado no local.

Milhares de peixes amanheceram boiando, na manhã desta segunda-feira (06), nas águas da barragem São José, em Monteiro. (Foto: Portal TV Cariri)
Milhares de peixes amanheceram boiando, na manhã desta segunda-feira (06), nas águas da barragem São José, em Monteiro. (Foto: Portal TV Cariri)

ClickPB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *