Socorro dramático para salvar mãe e suas duas crianças após grave acidente na Serra de Teixeira

Adeliane Batista da Silva, 24 anos, sofreu um grave acidente de moto quando trafegava na PB 306 com suas duas crianças. O fato aconteceu entre as cidades de Teixeira e Matureia na tarde deste domingo, dia 07, por volta das 15h00. A família é da cidade de Matureia (PB).

A dona de casa estava pilotando a moto na PB 306 com suas duas crianças, um menino de 8 anos e uma menina de 3, quando foi atingida violentamente por um carro. Ainda não se sabe como teria ocorrido a colisão, porém, o motorista do carro permaneceu no local e realizou todos os procedimentos, inclusive levando a criança de 8 anos ao Hospital Sancho Leite, em Teixeira.

Duas ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), das cidades de Teixeira e São José do Bonfim, foram acionadas para socorrer mãe e filha que estavam na estrada.

Quando a ambulância do SAMU de Teixeira chegou ao local a mãe disse que a filhinha de 3 anos estava desaparecida. As equipes fizeram buscas e encontraram a pequena desacordada dentro do mato às margens da estrada. A menina sofreu traumatismo craniano e hematomas pelo corpo.

A equipe do SAMU de São José do Bonfim chegou minutos depois e mãe e filha foram encaminhados para o Complexo Hospitalar Regional e Hospital Infantil, ambos em Patos. A jovem Adeliane seguiu na ambulância de Teixeira e sua filha de 3 anos na viatura de São José do Bonfim. Adeliane encontra-se internada e seu estado de saúde é regular e estável.

De acordo com relatos, Adeliane transportava as crianças de forma completamente irregular. A menina seguia na frente da mãe sob a parte do tanque na moto e o menino na garupa, ambos sem capacete. A cena tem sido comum na região e principalmente na PB 306.   

A menina de 3 anos deu entrada no Hospital Infantil Noaldo Leite, mas, devido à gravidade na saúde foi transferida na noite deste domingo, dia 07, para o Hospital de Trauma de Campina Grande. O menino de 8 anos teve fratura exposta em uma das pernas, perdeu músculos na altura do calcanhar, teve cortes na cabeça e segue internado no Complexo Hospitalar Regional onde passou por cirurgia.

A médica do Hospital Sancho Leite, em Teixeira, foi criticada pela conduta após a chegada da criança de 8 anos que foi levada pelo motorista do carro envolvido no acidente. A médica determinou que o condutor da ambulância básica do referido hospital levasse a criança com urgência para Patos, porém, o condutor seguiu sozinho com a criança tendo fratura exposta, sem que nenhum procedimento fosse feito e sem a companhia de enfermeiro.

Jozivan Antero – Patosonline.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *