Por 3 a 2, STF rejeita proposta de Gilmar Mendes de soltar Lula

A 2ª turma do STF (Supremo Tribunal Federal) rejeitou hoje uma sugestão do ministro Gilmar Mendes para que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) fosse solto provisoriamente da cadeia. A manifestação de Gilmar ocorreu durante sessão que analisa pedido do petista para anular a condenação no caso do tríplex do Guarujá por suposta parcialidade do ex-juiz federal e atual ministro Sergio Moro (Justiça) no julgamento do processo.

Após a manifestação do ministro, a turma iniciou uma votação para definir se Lula será libertado. Ricardo Lewandowski concordou com o ministro, mas Edson Fachin (relator do caso), Celso de Mello e Cármen Lúcia (presidente do colegiado) votaram contra o pedido, deixando o placar em 3 a 2 contra a soltura.

UOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *