EM PATOS: Agência bancária é autuada em 10 mil reais por poda drástica e não apresentar licença ambiental de funcionamento

A Prefeitura Municipal de Patos por meio da Secretaria de Meio Ambiente, autuou uma agência bancária no valor de R$ 10.000,00, por realizar poda drástica nas árvores localizadas ao redor do prédio, e por ter sido constatado pela fiscalização que a agência não dispõe da licença ambiental para o funcionamento da mesma.

Conforme informações repassadas pelo Fiscal Ambiental Edson Guedes, uma agência bancária em Patos recebeu essa autuação após não atender a uma notificação enviada pela secretaria, relacionada a não apresentação da autorização para a realização das podas, como também da não apresentação da licença ambiental para o funcionamento da agência.

“Recebemos a denúncia de que uma agência bancária, teria efetuado uma poda drástica, onde de imediato fomos até o local e ao verificar a veracidade das informações, solicitamos da agência as autorizações para a referida poda e damos um prazo para que elas fossem apresentadas, como também a licença ambiental de funcionamento do prédio. Passado o prazo, uma equipe de fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente retornou a agência bancária e constatou a realização de mais uma poda drástica, com isso, foi lavrada uma atuação no valor de R$ 10.000,00”.

Edson Guedes ainda pediu a população que continue com essa fiscalização, pois além de ser um ato criminoso, no caso da poda drástica, ele acaba influenciando na elevação das temperaturas, haja vista, que a cidade de Patos passa por um período de altas temperaturas e baixos índices de umidade relativa do ar. 

Coordecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *