Médico psiquiatra ganha R$ 29 mil acumulando seis vínculos públicos na PB, de João Pessoa a Piancó

Já pensou ter que viajar 385 km, durante mais de cinco horas, para dar plantão? Essa é a distância entre João Pessoa e o município de Piancó, na Paraíba. O médico psiquiatra Manoel Galdino da Costa Neto, que acumula seis vínculos públicos, trabalha nos dois lugares. E não só neles: também nas prefeituras de Campina Grande, Boa Vista, Queimadas e na Secretaria de Saúde do Estado. Haja disposição.

Segundo dados do TCE-PB, em todos esses lugares, o médico é contratado por excepcional interesse público, ou seja, presta serviço sem concurso público.

O psiquiatra Manoel Galdino, inclusive, foi investigado pelo Tribunal de Contas em 2012, após ser denunciado pelo exercício ilegal da profissão de Enfermeiro, no município de Piancó, cargo para o qual foi nomeado em 2010.

A disposição do médico para trabalhar rende uma remuneração mensal de R$ 29.624,08, somados todos os seis salários.

Do Fundo Municipal de Saúde de João Pessoa ele recebe R$ 6 mil. Do Fundo Municipal de Saúde de Campina Grande, R$ 5.390,08. Da Prefeitura de Boa Vista, R$ 5.434,00. Em Queimadas, ele recebe da prefeitura mais R$ 6 mil. E no Estado ele tem a menor renda: R$ 1.300,00.

Para receber isso por mês, o médico tem que dar conta de atender nos seis lugares distintos em que trabalha, durante os sete dias da semana. Surreal.

Click PB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *