Garis podem paralisar atividades a partir desta sexta-feira na cidade de Patos

Representantes do Sindicato dos Trabalhadores da Limpeza Urbana da Paraíba (SINDLIMP/PB) estiveram na manhã desta quarta-feira, dia 19, reunidos com os garis que trabalham na Conserv, empresa que presta serviços de forma terceirizada à Prefeitura Municipal de Patos.

Os garis tomaram a decisão de paralisar as atividades a partir desta sexta-feira, dia 21, caso o 13º salário não seja pago, conforme determina a lei, até essa quinta-feira, dia 20. A disposição da categoria é de só voltar ao trabalho quando o dinheiro estiver nas contas.

Radamés Cândido, falando em nome do SINDLIMP/PB, disse que os garis estão revoltados, pois estão existindo atrasos constantes nos salários, atraso na cesta básica e foram observados a falta de depósitos no Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

“…não iremos mais suportar, aguentar esse descaso que vem tendo por conta de empresa e por conta de administração. Decidimos que o décimo é para ser pago agora no dia 20…se esse valor por inteiro não estiver na conta dos trabalhadores iremos parar e só iremos retornar depois do Natal”, disse Radamés.

A gestão do prefeito interino Bonifácio Rocha (PPS), desde que assumiu, vem garantindo o pagamento para a empresa Conserv e está em dia, porém, existem restos a pagar do período do prefeito afastado Dinaldinho Wanderley (PSDB), que atrasou vários meses deixando um montante considerável de recursos para a atual gestão interina.

Patosonline.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *