Em Piancó, túmulos são violados e famílias pedem providências da prefeitura e do MP

O problema no Cemitério Público São Miguel, na cidade de Piancó (PB), tem sido pauta em discussões nas famílias que tem entes queridos sepultados naquele local e na Câmara e Prefeitura Municipal. Os Cemitérios são lugares onde são sepultados os cadáveres. Na maioria dos casos os cemitérios são lugares de prática religiosa.

No caso específico de Piancó, reclama-se a falta de espaço para novas sepulturas e não há critérios quanto a isso, mesmo porque não tem por parte do município, uma fiscalização efetiva para combater a violação das sepulturas mais antigas e de simples arquitetura. Uma sepultura que tem apenas uma grade de ferro, é sempre danificada por pessoas que fazem trabalhos naquele espaço que deve servir de morada eterna para os entes queridos da famílias que ainda estão vivas. Mas o que se vê e constata, é a violação, por parte sabe-se lá de quem, e quando as famílias vão até o Cemitério São Miguel para visitar a sepultura de algum parecente, o que encontrá é uma verdadeira bagunça ocasionada pela violação de irresponsáveis que já se consideram donos do espaço público.

A família do saudoso Aderaldo Alves de Souza (Santos Barbeiro)se sente revoltada, pois pela quinta vez, vêem o túmulo, simples e bem organizado de todos os seus familiares e do próprio Santos, sendo violado por pessoas que estão a fazer trabalhos (sem autorização do município) naquele local, em outras sepulturas, que ostentam monumentais bases ocupando grandes espaços, para aparecer perante os visitantes, como sendo “o mais bonito” do local. Isso não influi em nada, pois Sempre que comemoramos Finados, muitas pessoas visitam o túmulo de seus parentes queridos, enquanto outros teimam em dizer que isso não é bíblico e desnecessário. Jesus deixa claro que era costume judaico adornar o túmulo dos profetas e justos, ou seja, já existia a veneração dos familiares.

Providências administrativas e judiciais

A prefeitura de Piancó, responsável maior pelo Cemitério Público São Miguel, precisa urgentemente colocar guardas e câmaras, além de uma boa iluminação dentro do local, para identificar quem são os verdadeiros violadores de túmulos, e puni-los em conformidade com a lei.

O Blog de Piancó

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *