Colisão entre Van e Motocicleta deixa vários feridos em Patos

Uma colisão frontal envolvendo uma Van que presta serviço a Prefeitura Municipal de Patos e uma motocicleta deixou vários feridos. O fato foi registrado na noite desta quinta-feira, 10 de maio, por volta das 19h00, na BR-230, nas proximidades do Restaurante O Rancho, saída para Pombal, em Patos.

Segundo as primeiras informações chegadas a nossa redação através de grupos do WhatsApp e checadas junto aos órgãos competentes, quatro pessoas estavam na motocicleta, sendo dois adultos e duas crianças.

Todas as vítimas foram socorridas por viaturas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e pelo Corpo de Bombeiros. Elas foram levadas ao Hospital Regional de Patos e ao Hospital Infantil Noaldo Leite.

Em estado grave estão Erivar de Medeiros Rafael (foto), 37 anos, e José Laylson Brilhante Dutra, 23 anos. Ambos sofreram danos na cabeça ocasionados pelo mau uso do capacete ou ausência deste, pois foi encontrado apenas um no local do acidente. As duas crianças também ficaram feridas, porém uma delas teve as duas pernas quebradas e a outra apenas escoriações leves. Uma criança tem 10 anos e a outra 7.

Em questão de minutos, muita gente se reuniu no local para ver o ocorrido. Guarnições da 4ª Companhia de Policiamento de Trânsito (4ª CPTRAN) e também da Polícia Rodoviária Federal (PRF) isolaram a área para evitar novos acidentes e para apurar os fatos.

Everaldo Cavalcante, motorista habilitado da Van, precisou ser atendido por motivos de alteração na pressão arterial causada pelo trauma das cenas. Ele fez teste de alcoolemia, o popular bafômetro. O teste deu negativo para uso de bebida alcoólica.

Informações colhidas dão conta que os veículos seguiam na mesma direção, Cruz da Menina/Centro. Uma testemunha arrolada pelas guarnições relatou que a moto em determinado momento parou no acostamento e não sinalizou o cruzamento da via. O senhor Alexandro Rodrigues dos Santos disse que ainda gritou alertando o motociclista, no entanto, não foi ouvido e o acidente foi inevitável pela falta de visibilidade no local. Alexandro disse que a moto também não sinalizou a intenção de cruzamento.

Patosonline.com 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *