BR-361: mato e animais na pista oferecem risco a motoristas entre Patos e Itaporanga

Uma das mais importantes rodovias da Paraíba, que é a BR-361, que corta boa parte do sertão paraibano, sobretudo a região do Vale do Piancó, encontra-se sem manutenção há alguns meses. Devido às constantes chuvas, o mato cresce rapidamente, comprometendo a visibilidade de placas de sinalização e encobrindo o acostamento.

Outro problema tem sido a presença de animais soltos pelo trecho entre Patos e Itaporanga, que vem causando acidentes constantemente.

A nossa reportagem falou com algumas pessoas que trafegam diariamente pelo trecho de mais de 110 km entre as cidades de Patos a Itaporanga, da BR-361. Todos os entrevistados foram unânimes em afirmar que de fato a BR-361 está abandonada no que diz respeito à manutenção do acostamento e quanto aos animais soltos na pista.

O senhor Aureliano Laurino (Aury), de 55 anos, é motorista de van e faz a linha de Itaporanga a Patos há 18 anos. Ele relatou a situação atual da BR-361 para a reportagem.

“A BR-361 está abandonada com muito mato e animais soltos na pista, o que dificulta nossa visibilidade e facilita, com isso, a ocorrência de muitos acidentes nesse trecho de Itaporanga a Patos. Esperamos logo providências do DNIT para a BR”, afirmou Aury.

Em contato com o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (DNIT), a engenheira Helen Kátia afirmou que o contrato com a empresa que prestava os serviços ao departamento se venceu há poucos meses. Entretanto, ela disse que um novo processo licitatório já está agendado para o próximo dia 17 de maio, onde haverá a seleção de uma nova empresa para a realização dos serviços de limpeza e preservação da BR-361.

Blog do Jordan Bezerra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *