Nome registrado pelas coligações até dia 12 de setembro será o candidato nas eleições. Entenda!

Depois que o nome do candidato for confirmado pela coligação partidária no dia 12 de setembro, ele será de fato o nome que irá para as urnas e disputará as eleições, no próximo dia 2 de outubro. A nova regra possibilitou ao eleitor o conhecimento antecipado do nome do candidato e acabou com especulações em torno de troca do nome, que antes podiam ocorrer até um dia antes do pleito.

A nova regra evitará também que candidatos de coligações contrárias possam também enganar os eleitores, noticiando que o partido fará a troca do nome às vésperas das eleições ou que o próprio candidato não poderá concorrer.

As coligações partidárias não poderão, em hipótese alguma mudar o nome depois do dia 12 de setembro, 20 dias antes da realização das eleições.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *